DOM Maranho da Sertã

Maranhos da Sertã - DOM

200 anos de história praticamente inalterada.

O DOM Maranho da Sertã tem 200 anos de uma receita cuja confeção se baseia na carne de cabra, presunto, chouriço, hortelã e arroz, conferindo-lhe um sabor aromatizado, fresco e leve.

Servido como prato principal, acompanha com salada/hortaliça da época e batata frita caseira. Perfeito para qualquer altura do ano.

Um verdadeiro almoço de Rei.

Como confecionar: 15 minutos em água a ferver, com hortelã fresca.

O Maranho e a sua história

O Maranho é uma iguaria gastronómica do concelho da Sertã. A sua origem remonta, muito provavelmente, ao início do século XIX, embora se lhe atribua uma génese anterior.

A receita manteve-se praticamente inalterada ao longo dos últimos 200 anos, baseando-se na carne de cabra, presunto, chouriço, hortelã e arroz, que depois de misturados são ensacados, recorrendo-se ao bucho das cabras.

Durante o século XX, o Maranho era prato habitual nos dias de festa, fosse a família pobre ou rica. A partir da década de 1980, passou a estar disponível diariamente nas ementas dos restaurantes.